Dani mãe da Sophia se aventurando

Bem hoje começo um pouco tarde a escrever meu post semanal.

Ontem levei um susto ao saber que um tio faleceu. E ainda estou meio aérea. Mas como compromisso é compromisso, não poderia deixar as outras mamães queridas na mão.

Sophia nem vai lembrar muito, pois teve pouco contato e não era uma pessoa muito "jeitosa" com crianças. Mas fiquei pensando na minha prima queridíssima. Fiquei imaginando se eu soubesse de supetão que meu pai se foi. Ou como explicar para as crianças a morte.

Quando eu estava com 14 anos meu avô materno faleceu. Foi muito muito triste e todos choravam muito. Minha priminha na época com 4 anos disse que eu não precisava chorar que o vovô estava feliz láá no céu!

Um dia desses era o aniversário desse vô super querido e eu chorei feito criança. Sophia ficou assustada e angustiada sem saber o porquê daquele chororô. Eu disse que o meu vovô não estava mais aqui e eu sinto muita saudade dele, das brincadeiras, das palhaçadas... Mas percebi que ela não ficou satisfeita com a resposta.

'Mas mamãe "puquê" você tá "cholando"? ... Lá fui eu tentar mais uma vez (a criança tem apenas 2 anos e 10 meses): Meu amor, você não gosta tanto do seu vovô? Imagina se ele saísse aqui de casa e mudasse pra outra cidade, lááááá longe, e nem sempre a gente pudesse brincar com ele, passear, abraçar, beijar... Você não ficaria com saudade? .... Ficou pensativa e soltou: Mas quando ele vai, mamãe, ele sempre volta!

Prefiro pensar assim. As pessoas se vão mas algum dia vamos nos encontrar em algum lugar. Só assim para consolar um coração saudoso e que não quer acreditar que aquilo aconteceu.

Peço a Deus que me dê saúde e sabedoria para conseguir responder a maioria das perguntas que minha filha me faz. Ninguém sabe tudo, não é mesmo? Ninguém nasce sabendo. A vida é um eterno aprendizado, mas de uma coisa todos temos a certeza: a hora de cada um vai chegar. Enquanto isso não acontece aproveite, mas aproveite muito tudo que a vida tem pra te mostrar.

Beijos carinhosos e até a próxima sexta!


sorteio

9 comentários:

  1. Meus sentimentos Dani, realmente é muito difícil explicar para uma criança que aquela pessoa foi morar no céu e nunca mais retornará.
    Eu sempre penso nisso, pois a minha Sophia não conheceu o meu pai, e ela me vê triste mas evito chorar na frente dela, já cheguei a falar que o vovô tá no céu mas ela não aceitou, disse que não.
    Estou esperando ela crescer mais um pouco pra explicar mais sobre isso.
    Que você tenha sabedoria para poder explicar as coisas para a sua Sophia.
    Bjs, Fran

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fran! Hoje já estou bem melhor. Até que esse era um tio pois se casou com a minha tia (irmã do meu pai). Barra pesada foi ano passado que um tio avô super querido se foi tb. Mas é a vida, né?! Faz parte. bjs

      Excluir
  2. Dani, não há como não se emocionar com vc...seus testemunhos são maravilhosos...me tornei hiper sua fã...bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô menina... obrigada... vou escrevendo o que vem do coração mesmo... sou uma pisciana super emotiva. Muito obrigada! bjs

      Excluir
  3. O amiga sinto muitissimo a perda de vocês. E saiba que criança é um ser tão puro e inocente que as vezes não levamos muito a sério o que eles falam, mas esquecemos de lembrar que são eles que estão mais próximos de Deus.
    Sem duvida, um dia todos nos encontraremos.
    Beijos
    Débora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo Débora. Crianças são anjos sem asas... beijos e obrigada

      Excluir
  4. sinto muito pelo seu tio ...

    a gente nao nasce sabendo ser mae tao pouco o que dizer a um serzinho que nada sabe, nada com certeza vc saberá lidar com isso. vai aprender como todas e como eu, qdo chegar nessa fase.

    to adorando ler seus textos dani !!

    bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Barbara! Obrigada por ler e comentar! bjus!

      Excluir
  5. Βlogger: Mam�e Modеe On

    Here is my blog post darmowe konto bankowe (blog-kontainternetowe2014.pl)

    ResponderExcluir